Re: ARLA/CLUSTER: Novo regulamento e exame de informática.

João Martins ct1wvjoaomartins gmail.com
Quarta-Feira, 4 de Março de 2009 - 22:16:26 WET


Colega João Cunha, os meus sinceros parabéms especialmente pelo último
paragrafo, que subescrevo plenamente, foi realmente das mensagens que mais
me agradou ver no cluster.
Um abraço
CT1WV
João Martins

2009/3/4 João Cunha <ct2gsn  gmail.com>

> Caro amigo João Costa
> Estou e sempre estive de acordo contigo com respeito ao exame de morse.
> Afinal quem gostar de CW vai estudar da mesma forma, com os mesmos meios
> que hoje, para aprender e conseguir comunicar ,exame para quê?
> Sempre foi esse o meu entendimento ,porque se houver mau uso do morse tanto
> há com exame como sem ele.
> Com respeito ao restante regulamento, vamos deixar as coisas fluírem para
> serem regulamentadas e depois sim poderemos ter uma opinião mas acertada .
> Não sou dos que me preocupo com a legislação ,porque seja de que forma for
> serei sempre radioamador e o que resta disto tudo são os bons qsos ,as
> amizades e o bichinho das ondas hertzianas.
>
> Um abraço 73
>
> CT2GSN    JOÃO CUNHA
>
>
>
>
>
>
>
>
>  2009/3/4 João Gonçalves Costa <joao.a.costa  ctt.pt>
>
>> Meu caro João Cunha, CT2GSN.
>>
>>
>> Estou completamente de acordo que quem queira praticar determinadas
>> modalidades, faça exame e demonstre minimamente que está habilitado a
>> usufruir dos privilegio concedidos para operar nesses segmentos restritos.
>>
>> Desde pelo menos, 1995 que me tenho batido para que o exame de morse sirva
>> única e exclusivamente para habilitar os interessados, e que estes possam
>> usufruir dos respectivos segmentos consignados, e nada mais que isso. Isto
>> é, que o morse não sirva para outros fins ocultos, que nunca tiveram a haver
>> com o próprio modo em si.
>>
>> Alias, sempre defendi que o exame para aferir os conhecimentos
>> informáticos tinha TODA a justificação de existir no anterior Decreto-Lei
>> 5/95, tantas as bandas e segmentos onde se poderia praticar, ao contrario do
>> morse.
>>
>> Sublimo a sagacidade da administração francesa que, com a nova
>> regulamentação, não terminou objectivamente com o exame de morse para a
>> classe 1, no entanto, a única diferença em relação à classe 2; é que quem
>> realizar o exame de morse fica habilitado a poder operar nos respectivos
>> segmentos consignados ao morse.
>>
>> Assim e em França, não existe nenhuma diferença em termos de conhecimentos
>> a demonstrar e respectivos privilegio concedidos entre a classe 1 e a classe
>> 2, excepto se, quem fizer o exame de morse é Classe 1 e quem não o fizer é
>> classe 2.
>>
>> Pelas matérias propostas pela CEPT:
>> http://www.erodocdb.dk/docs/doc98/Official/Pdf/ERCRep032.pdf, e que
>> certamente serão incluídas pela ANACOM para o exame para categoria 2, não
>> vejo o que mais se pode exigir para a categoria 1. Realço que em Portugal, a
>> ANACOM, foi muito mais restrita nos privilegio a conceder à categoria 3, que
>> a ANFR em França, pois lá a classe 3 pode realizar emissões em estação
>> própria desde que em portátil, com potencia reduzida, e somente em VHF.
>>
>> Ao contrario da proposta da IARU-Região 1 que somente aconselha a inclusão
>> de matérias relacionadas com a Ética e Procedimentos de Operação, no caso da
>> HAREC - Harmonised Amateur Radio Examination Certificate (a nossa categoria
>> 1) http://www.iaru-r1.org/Harec.htm defendo que estas matérias devem ser
>> incluídas logo no exame inicial à categoria 3 ou o mais tardar, na categoria
>> 2.
>>
>> João Costa, CT1FBF
>>
>> ________________________________
>>
>> De: cluster-bounces  radio-amador.net [mailto:
>> cluster-bounces  radio-amador.net] Em nome de João Cunha
>> Enviada: terça-feira, 3 de Março de 2009 20:30
>> Para: ct4dk  mail.telepac.pt; Resumo Noticioso Electrónico ARLA
>> Assunto: Re: ARLA/CLUSTER: Novo regulamento.
>>
>>
>>
>> Boa noite e 73
>> Estou plenamente de acordo com o colega Pulo Santos,eu em alguns escritos
>> há tempos a trás já dei a entender que me parecia que andava muita gente
>> preocupada com os galões  e esclarecimentos não via nenhuns .
>> Espero que mais uma vez todos acabem com o QRM porque todo o QRM prejudica
>> o entendimento das comunicaçõs e fazem confuzão.
>> Espero tambem que além de abulirem a obrigatoriedade do exame de morse
>> poderiam fazer um exame de para aferir os conhecimentos informáticos dos
>> radioamadores ,sim porque a informatica para quem faz digitais e não só está
>> directamente ligada ao radioamadorismo.
>> Será que teriamos muita gente a descer de classe ?
>> prgunto eu na minha ignorancia destas coisas.
>>
>> 73 CT2GSN    JOÃO CUNHA
>>
>>
>>
>>
>>
>> _______________________________________________
>> CLUSTER mailing list
>> CLUSTER  radio-amador.net
>> /cluster/listinfo/cluster
>>
>
>
> _______________________________________________
> CLUSTER mailing list
> CLUSTER  radio-amador.net
> /cluster/listinfo/cluster
>
>
-------------- próxima parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: /cluster/attachments/20090304/07568125/attachment.htm


Mais informações acerca da lista CLUSTER