Re: ARLA/CLUSTER: Divulgação de escutas

Antonio Matias ct1ffu gmail.com
Segunda-Feira, 31 de Agosto de 2009 - 23:31:41 WEST


Então.Que mais não fosse, o colega Mourato tratou de alertar os colegas para
o perigo que as suas vidas estavam o correr.
É que ainda podia-mos levar com o avião em cima.
Assim, para todos os efeitos, o e-mail dele esteve ao abrigo desta lei!

73's

Matias

2009/8/31 CT2HNI <ct2hni  sapo.pt>

> Caros membros do cluster. Tenho seguido com atenção o que tem sido dito
> acerca do assunto.
> A Alínea "i" do Art .12º do Dec.Lei 53/2009 diz: "Abster-se de transmitir
> mensagens de terceiros ou destinadas a terceiros, obtidas por intercepção,
> excepto  quando as transmissões sejam relativas a casos de emergência,
> designadamente quando esteja em causa a segurança da vida humana ou quando
> tal for expressamente autorizado pelo ICP-ANACOM."
>
>  No caso vertente não houve transmissão da mensagem pois esta não foi
> divulgada via radio, nas frequências das bandas do serviço amador mas sim
> através de um mail para uma lista restrita e moderada.
>
>  E se tivesse sido divulgado pelo telefone para umas quantas pessoas?
>
>  Não vejo por isso aonde está a violação do Regulamento de Amador.
>
> Cumprimentos
>
> Artur Machado
> CT2HNI
>
> -----Original Message-----
> From: cluster-bounces  radio-amador.net
> [mailto:cluster-bounces  radio-amador.net] On Behalf Of
> cluster-request  radio-amador.net
> Sent: None
> To: cluster  radio-amador.net
> Subject: Digest CLUSTER, volume 55, assunto 194
>
> Enviar mensagens de CLUSTER para
>        cluster  radio-amador.net
>
> Para se inscrever ou para anular a sua inscrição via web, visite o endereço
>        /cluster/listinfo/cluster
> ou envie uma mensagem de email com a palavra 'help' no assunto ou no corpo
> da mensagem para
>        cluster-request  radio-amador.net
>
> Pode entrar em contacto com a pessoa que gere a lista através do endereço
>        cluster-owner  radio-amador.net
>
> Quando responder, por favor edite sua linha de assunto de forma a ela ser
> mais específica do que "Re: Contents of CLUSTER digest..."
>
>
> Tópicos de Hoje:
>
>   1. Re:  TP772 em dificuldades (Radiophilo)
>   2. Re:  TP772 em dificuldades (Agostinho Fernandes)
>   3. RE:  esclarecimento (Manuel Jesus)
>
>
> ----------------------------------------------------------------------
>
> Message: 1
> Date: Mon, 31 Aug 2009 19:04:11 +0100
> From: Radiophilo <radiophilo  gmail.com>
> Subject: Re: ARLA/CLUSTER: TP772 em dificuldades
> To: Resumo Noticioso Electrónico ARLA   <cluster  radio-amador.net>
> Message-ID:
>        <2db01a4a0908311104k238bc569m33b91216e32ea3b9  mail.gmail.com>
> Content-Type: text/plain; charset=ISO-8859-1
>
> Boa tarde,
>
> 2009/8/31 Paulo Calvo <paulo.calvo  brilhomania.pt>:
> > Esta divulgação é contra todas as regras da ética e do bom senso.
> > Para mais deve violar uma série de leis nacionais e internacionais.
>
> Poderia o colega partilhar com este forum a sua lista de regras da ética,
> do
> bom senso, bem como a série de leis nacionais e internacionais a que se
> refere?
>
> Nos tempos da outra senhora, e durante alguns anos depois da outra senhora
> ter morrido, houve de facto uma lei nacional que teria sido violada.
> Desconheço qualquer lei internacional sobre o assunto. Quanto às regras da
> ética e do bom senso, agradeço então que nos esclareça do seu ponto de
> vista.
>
> Cumprimentos,
> António Vilela
> CT1JHQ
>
>
>
> ------------------------------
>
> Message: 2
> Date: Mon, 31 Aug 2009 19:36:23 +0100
> From: Agostinho Fernandes <agostopequeno  gmail.com>
> Subject: Re: ARLA/CLUSTER: TP772 em dificuldades
> To: Resumo Noticioso Electrónico ARLA   <cluster  radio-amador.net>
> Message-ID:
>        <a8fc3390908311136q29df939btb31c3697f2e6ed79  mail.gmail.com>
> Content-Type: text/plain; charset="iso-8859-1"
>
> Caros colegas:
> Não consigo entender o porquê de tanto diz que disse ,afinal a lei é bem
> clara .
> Pode escutar mas não pode divulgar o que escuta.
> Agora a responsabilidade é só mesmo de quem escuta e divulga não nos
> compete
> a nós fazer juízos de valor.
> Mas afinal o que se divulgou de tão grave assim que dê tanto barulho?
>
> Que as taxas da ANACOM  para o serviço de amador vão baixar?
> Que vai cair o governo por causa disso?ou vão votar nos mesmos?
>
> Falem de radioamadorismo ,antenas propagação. tudo o resto neste forum
> deveria ser assessório.
> Se algum avião cair entretanto há gente aqui a ser crucificada ...hehehehee
> Há por aqui gente que tem mesmo a mania que os Santos tambem andam de
> avião.
>
> Agostinho
>
>
>
>
>
>
> 2009/8/31 Radiophilo <radiophilo  gmail.com>
>
> > Boa tarde,
> >
> > 2009/8/31 Paulo Calvo <paulo.calvo  brilhomania.pt>:
> > > Esta divulgação é contra todas as regras da ética e do bom senso.
> > > Para mais deve violar uma série de leis nacionais e internacionais.
> >
> > Poderia o colega partilhar com este forum a sua lista de regras da
> > ética, do bom senso, bem como a série de leis nacionais e
> > internacionais a que se refere?
> >
> > Nos tempos da outra senhora, e durante alguns anos depois da outra
> > senhora ter morrido, houve de facto uma lei nacional que teria sido
> > violada. Desconheço qualquer lei internacional sobre o assunto. Quanto
> > às regras da ética e do bom senso, agradeço então que nos esclareça do
> > seu ponto de vista.
> >
> > Cumprimentos,
> > António Vilela
> > CT1JHQ
> >
> > _______________________________________________
> > CLUSTER mailing list
> > CLUSTER  radio-amador.net
> > /cluster/listinfo/cluster
> >
> -------------- próxima parte ----------
> Um anexo em HTML foi limpo...
> URL:
>
> /cluster/attachments/20090831/7b0e9048/atta
> chment.html
>
> ------------------------------
>
> Message: 3
> Date: Mon, 31 Aug 2009 22:36:08 +0100
> From: "Manuel Jesus" <mojesus  pedradaciencia.com>
> Subject: RE: ARLA/CLUSTER: esclarecimento
> To: 'Resumo Noticioso Electrónico ARLA'         <cluster  radio-amador.net>
> Message-ID: <8DCE5B7EF1DD44C3AEBF483B4B7006D1  pentium4>
> Content-Type: text/plain; charset="iso-8859-1"
>
> Bém saindo um pouco do tema das antenas e indo até à indução
> electomagnetica. Só para aguçar o interesse em todo este vasto campo, que
> de
> alguma forma todos estamos mais ou menos interessados.
> Vou revelar aqui na comunidade dos amadores, uma forma que nós usamos lá no
> meu batente para medir com precisão as frequências e o valor de tensão,
> presentes em linhas de tensão elevada,  a uma certa distância de segurança
> e
> sem contacto electrico.
> Trata-se de sondas capacitivas, pessoalmente construi varias que usamos,
> para medições de precisão, após calibragem efectuada em cada medida
> efectuada com a sonda montada a uma certa distância.
> Além da sonda, existe um circuito adaptador de impedância e um circuito
> integrador, bastante elaborado, o qual entrega os sinais captados via
> indução, aos osciloscopios, gravadores digitais e analizador espectral.
> Isto só para revelar as capacidades que a indução através do campo
> magnetico
> e electrico permitem fazer, existe ainda muita coisa a ser descoberta no
> mundo da indução magnetica, pessoalmente é um mundo que todos os dias mais
> me fascina.
> 73.
> CT1AXZ
> Manuel Jesus
> www.sitesmaisuteis.pt
>
>
>
>  _____
>
> De: cluster-bounces  radio-amador.net
> [mailto:cluster-bounces  radio-amador.net] Em nome de Afonso Marques
> Enviada: segunda-feira, 31 de Agosto de 2009 13:01
> Para: Resumo Noticioso Electrónico ARLA
> Assunto: RE: ARLA/CLUSTER: esclarecimento
>
>
>
>  Então a radiação electromagnética não cria um campo electromagnético com
> grandezas campo eléctrico e campo magnético, variáveis , e por sua vez,
> numa
> antena mergulhada nesse campo é gerada,  por indução, uma tensão alternada
> (
> um sinal ) que será tratada  da forma que mais convier? Aqui estamos a
> falar
> de  frequências muito elevadas , nos motores, transformadores … a
> frequência
> é baixa 50 Hz, 60 Hz, 400 Hz … e por isso precisamos de meio que não o éter
> para se transmitir e produzir os efeitos pretendidos . Esse meio é o
> circuito magnético que pode ser de vários materiais e tomar as mais
> diversas
> formas .
>
>
>
> Continuem  a discussão saudavelmente .
>
>
>
> 73’s
>
>
>
> CT1RH
>
>
>
>  _____
>
> De: cluster-bounces  radio-amador.net
> [mailto:cluster-bounces  radio-amador.net] Em nome de Antonio Matias
> Enviada: segunda-feira, 31 de Agosto de 2009 12:10
> Para: Resumo Noticioso Electrónico ARLA
> Assunto: Re: ARLA/CLUSTER: esclarecimento
>
>
>
> Bom Dia:
>
>
>
> Indução electromagnética?
>
> hummm.
>
> Isso é um fenómeno para motores geradores etc.
>
> Na indução electromagnética tem de haver um parte móvel, ou então uma
> variação de polaridade  magnética num dos corpos.
>
>
> Há aqui uma coisa que está a criar a confusão toda:
>
> A radiação electromagnética, e esta sim, é aquela que que sai da antena e
> atravessa o mundo e vai ser detectada por outra antena, onde quiser.
>
> A radiação electromagnética tanto provoca corrente num corpo a 1 metro da
> antena como em um no Japão
>
> Não é isto que está em causa, o que está em causa, são as condições que
> podem ou não perturbar o funcionamento
>
> do sistema radiante, a antena.
>
>
>
> As características intrínsecas das antenas são resistivas,  reactivas
> capacitivas ou indutivas.
>
> e estas  são exclusivas do desenho e construção da antena, não tendo a ver
> com corpos vizinhos.
>
>
>
> Agora, qualquer antena sofre tremenda influencia, CAPACITIVA, da terra, da
> chuva,  de corpos metálicos próximos.
>
> Que nem precisam ser ressonantes, nem ter comprimento nem tamanho definido.
>
> Não é preciso capacimetro para medir a capacidade ao solo de um dipolo para
> 40m com 1mm a 10m do chão, que ela existe, existe e pode ser calculada e
> comprovada.
>
> Dai que seja vulgar usarem-se chapéus capacitivos para baixar a ressonância
> a antenas encurtadas.
>
> Seja vulgar a antenas baixar a ressonância quando chove, pois o nível de
> agua subterrâneo sobe. etc etc.
>
>
>
> Na salutar discussão com o colega Afonso sobre este tema, chegámos ao
> consenso que as antenas se perturbam.
>
> Não  interessa aqui que uma roube a energia da outra, de forma indutiva ou
> capacitiva  a radiação passe de uma para a outra e não para o espaço, mas
> que a proximidade perturbe as ressonâncias mutuas, que  impedâncias se
> mantenham, bem como o lóbulos.
>
>
>
> 73's
>
> Matias
>
>
>
>
>
>
>
>
>
> 2009/8/31 José António <ct1dqb  gmail.com>
>
> Matias, o colega Afonso Marques já tinha dito anteriormente qual era esse
> efeito:
> É um fenómeno de indução electromagnética.
> Também sucede nos condutores parasitas. Inevitavelmente, qualquer condutor
> nas proximidades da antena, com um comprimento próximo ou superior a um
> quarto de comprimento de onda da frequência em uso, será parasiticamente
> acoplado à antena. Diferente dos elementos parasitas de uma antena
> direcional, condutores como instalações eléctricas, canos de agua, canos de
> gaz, etc., que estão normalmente com más ligações à terra. Além de
> dissiparem energia, por vezes não irradiam na fase correcta, muitas vezes
> originando a não desejada RFI.
>
> Em relação ao cluster, eu não o utilizo, escolhi outras opções que penso
> serem mais úteis para o meu conhecimento.
>
> 73
> José António
>
>
> Antonio Matias escreveu:
>
> Bom Dia.
> Colega José António, então quando conseguir parar de rir, talvez nos possa
> brindar com os seus expecpcionais conhecimentos sobre antenas.
> Explique-nos lá então as causas do fenómeno.
> Curioso é que o colega, pelo menos para até agora para mim era
> desconhecido.
> Curioso também que nunca houve um spot seu no cluster em mais de 10 anos,
> será que toda essa capacidade técnica nunca foi posta em pratica?
> Aparentemente  parece que o colega nunca fez um contacto no radio.
>
> 73's
> Matias
>
>
>
> 2009/8/29 José António <ct1dqb  gmail.com <mailto:ct1dqb  gmail.com>>
>
>
>
>   O Matias a bater na mesma tecla! Tamanho disparate que nunca ouvi
>   tal! Hi, hi hi
>   _A interacção capacitiva entre antenas a metros de distancia_. Hihihi.
>   Já que falou nos exames da Anacom que ninguém de lá saiba, que
>   você diga um disparate desses, senão é excomungado por eles. Hi,
>   hi, hi.
>   Hihihi. Já me dói o corpo de rir tanto. Hihihi.
>   Seja mais humilde e diga coisas que sabe, não invente.
>   A capacidade entre antenas quando estão a metros de distancia, é
>   um valor tão baixo, tão baixo, que nem deve existir capacímetro no
>   planeta para conseguir medir um valor tão pequeno. Hihihi
>
>
>   Antonio Matias escreveu:
>
>       Sempre que há uma diferença de potencial entre dois corpos
>       isolados, há capacidade.
>       Esta depende do tamanho dos corpos, da distancia entre ambos e
>       do dieléctrico.
>       Embora não pareça, os tubos de alumínio  mesmo o afastados
>        uns metros, quando alinhados, são um condensador.
>       Por certo que o colega José Antonio quando tirou a sua licença
>       de radioamador sabia isto muito bem, só que depois
>       esqueceu-se.
>
>       73's
>
>       Matias
>
>
>
>
>       2009/8/28 José António <ct1dqb  gmail.com
>
>       <mailto:ct1dqb  gmail.com> <mailto:ct1dqb  gmail.com
>
>
>       <mailto:ct1dqb  gmail.com>>>
>
>
>          Estou a perceber, quando a Reactância de uma antena é
>       CAPACITIVA
>          ela anda aos saltos e pode cair na antena mais próxima. É
>       isso a
>          interação capacitiva?
>
>          Antonio Matias escreveu:
>
>              Então vamos lá ver:
>              A impedância Z de uma antena é:  a soma da resistência
>       R com a
>              Reactância Jx   Z= R+Jx
>
>              Agora a reactância pode ser Capacitiva  Xc  ou Indutiva Xl
>              Claro que nestas parcelas queremos sempre ter uma antena
>              puramente resistiva 50R ou próximo
>              para a generalidade das antenas que usamos, e manter a
>              reactância 0 Jx
>              Muita gente também pensa que a ressonância de uma antena é
>              onde tem 50ohms    e não é correcto
>              a ressonância é onde a reactância é mais baixa. Por
>       isso é que
>              aquele abençoado medidor MFJ-259 é uma ferramenta do
>       arco da
>              velha.
>              Quem souber ler...  he he
>
>
>              73's
>              Matias
>
>                      2009/8/27 Afonso Marques <amarques  efacec.pt
>       <mailto:amarques  efacec.pt>
>              <mailto:amarques  efacec.pt <mailto:amarques  efacec.pt>>
>       <mailto:amarques  efacec.pt <mailto:amarques  efacec.pt>
>
>              <mailto:amarques  efacec.pt <mailto:amarques  efacec.pt>>>>
>
>
>
>
>                 Obviamente . Então talvez fosse de dizer que haverá
>       menor
>                 interacção das antenas , que são idênticas, se elas
>       forem
>                 perpendiculares , já que o fluxo electromagnético gerado
>              por uma
>                 atravessa a outra na posição mais desfavorável, e
>       portanto, a
>                  reacção provocada na primeira será minimizada. Essa
>       reacção
>                 altera os parâmetros da impedância em termos
>       reactivos ou
>                 capacitivos. Aliás se pensarmos como funciona uma antena
>                 magnética, em que a excitação é feita por um anel
>       cujo plano é
>                 paralelo ao plano do elemento excitado radiante. Se
>       os 2 anéis
>                 ficarem perpendiculares não há interacção
>
>                 O que eu expus, vale o que vale…
>
>                           73’s
>
>                           CT1RH
>
>
> ------------------------------------------------------------------------
>
>                 *De:* cluster-bounces  radio-amador.net
>       <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net>
>              <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net
>       <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net>>
>                 <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net
>       <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net>
>              <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net
>       <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net>>>
>
>                 [mailto:cluster-bounces  radio-amador.net
>
>
>       <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net>
>
>              <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net
>       <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net>>
>                 <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net
>       <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net>
>              <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net
>       <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net>>>] *Em nome de
>              *Antonio Matias
>                 *Enviada:* quinta-feira, 27 de Agosto de 2009 15:20
>
>
>                 *Para:* Resumo Noticioso Electrónico ARLA
>                 *Assunto:* Re: ARLA/CLUSTER: esclarecimento
>
>                           Pois...
>
>                 Provavelmente as duas, dependendo de qual antena e
>       banda.
>
>                 Á partida  deve ser capacitivo.
>
>                 Tem todo o aspecto disso, além de se perturbar o
>       lóbulo de
>                 radiação, deve  baixar a frequência de ressonância
>       isso é
>              óbvio.
>
>                 Mas certezas só mesmo analisando ou fazendo a simulação.
>
>                 A reactância das antenas, J  capacitiva ou indutiva
>       é uma coisa
>                 muito difícil de  prever e ainda mais de anular.
>
>                            73's
>
>                 Matias
>
>                                     2009/8/27 Afonso Marques
>       <amarques  efacec.pt <mailto:amarques  efacec.pt>
>              <mailto:amarques  efacec.pt <mailto:amarques  efacec.pt>>
>
>                 <mailto:amarques  efacec.pt
>       <mailto:amarques  efacec.pt> <mailto:amarques  efacec.pt
>
>       <mailto:amarques  efacec.pt>>>>
>
>
>
>                 Porquê capacitiva ? E indutiva não ?
>
>                           73’s
>
>                           CT1RH
>
>
> ------------------------------------------------------------------------
>
>                 *De:* cluster-bounces  radio-amador.net
>       <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net>
>              <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net
>       <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net>>
>                 <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net
>       <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net>
>              <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net
>       <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net>>>
>
>                 [mailto:cluster-bounces  radio-amador.net
>
>
>       <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net>
>
>              <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net
>       <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net>>
>                 <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net
>       <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net>
>              <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net
>
>       <mailto:cluster-bounces  radio-amador.net>>>] *Em nome de
>              *Antonio Matias
>                 *Enviada:* quinta-feira, 27 de Agosto de 2009 14:15
>
>
>                 *Para:* Resumo Noticioso Electrónico ARLA
>                 *Assunto:* Re: ARLA/CLUSTER: esclarecimento
>
>                           Colega Artur.
>
>                 A resposta é simples:
>
>                 Esse colega montou as antenas nessa configuração
>       porque assim
>                 evita a interacção capacitiva entre as antenas.
>
>                 Perpendicularmente as antenas ficam quase imunes à
>              influencia uma
>                 da outra.
>
>                 Coisa que, sem estar nesta configuração exigia muito
>       mais
>                 distancia entre elas.
>
>                 A única desvantagem é de facto ter atenção ao
>       desfasamento
>              de 90º
>                 no rotor.
>
>                           73's
>
>                           Matias
>
>                 2009/8/27 Manuel Artur Rodrigues <Manuel.Artur  rr.pt
>       <mailto:Manuel.Artur  rr.pt>
>              <mailto:Manuel.Artur  rr.pt <mailto:Manuel.Artur  rr.pt>>
>                 <mailto:Manuel.Artur  rr.pt
>       <mailto:Manuel.Artur  rr.pt> <mailto:Manuel.Artur  rr.pt
>       <mailto:Manuel.Artur  rr.pt>>>>
>
>
>
>                 Boa tarde a todos.
>
>                           Gostaria de consultar as vossa
>       experiencias na seguinte
>              questão,
>                 que me intriga já á algum tempo.
>
>                           Vejamos a seguinte imagem.
>
>                           Antenna hf 20M 15M 10M
>
>                           Ora bem, se bem repararam temos uma yagi
>       de três elementos para
>                 duas bandas, e, (agora é que chegamos á minha duvida
>       ) um
>              dipolo
>                 penso que para os 40m, que está montado
>       perpendicularmente em
>                 relação á yagi.
>
>                           A duvida é: porquê perpendicularmente á
>       direccionalidade da
>              yagi.
>
>                           É que quando eu aponto a yagi para um
>       lado, fico com o
>              dipolo de
>                 pontas e vice-versa, ou será que estou a ver mal as
>       coisas.
>
>                           Alguém me sabe explicar o porquê da
>       montagem assim, é que
>              já não é
>                 a primeira que vejo
>
>                           Obrigado
>
>                           73´s
>
>                 CT1AED
>
>                           /Manuel Artur/
>
>
> _______________________________________________
>                 CLUSTER mailing list
>                 CLUSTER  radio-amador.net
>       <mailto:CLUSTER  radio-amador.net>
>       <mailto:CLUSTER  radio-amador.net
>       <mailto:CLUSTER  radio-amador.net>>
>              <mailto:CLUSTER  radio-amador.net
>       <mailto:CLUSTER  radio-amador.net>
>              <mailto:CLUSTER  radio-amador.net
>       <mailto:CLUSTER  radio-amador.net>>>
>
>                 /cluster/listinfo/cluster
>
>
> _______________________________________________
>                 CLUSTER mailing list
>                 CLUSTER  radio-amador.net
>       <mailto:CLUSTER  radio-amador.net>
>       <mailto:CLUSTER  radio-amador.net
>       <mailto:CLUSTER  radio-amador.net>>
>              <mailto:CLUSTER  radio-amador.net
>       <mailto:CLUSTER  radio-amador.net>
>              <mailto:CLUSTER  radio-amador.net
>       <mailto:CLUSTER  radio-amador.net>>>
>
>                 /cluster/listinfo/cluster
>
>
> _______________________________________________
>                 CLUSTER mailing list
>                 CLUSTER  radio-amador.net
>       <mailto:CLUSTER  radio-amador.net>
>       <mailto:CLUSTER  radio-amador.net
>       <mailto:CLUSTER  radio-amador.net>>
>              <mailto:CLUSTER  radio-amador.net
>       <mailto:CLUSTER  radio-amador.net>
>              <mailto:CLUSTER  radio-amador.net
>       <mailto:CLUSTER  radio-amador.net>>>
>
>                 /cluster/listinfo/cluster
>
>
>
> ------------------------------------------------------------------------
>
>              _______________________________________________
>              CLUSTER mailing list
>              CLUSTER  radio-amador.net
>       <mailto:CLUSTER  radio-amador.net>
>       <mailto:CLUSTER  radio-amador.net
>       <mailto:CLUSTER  radio-amador.net>>
>              /cluster/listinfo/cluster
>
>
>          _______________________________________________
>          CLUSTER mailing list
>          CLUSTER  radio-amador.net <mailto:CLUSTER  radio-amador.net>
>       <mailto:CLUSTER  radio-amador.net
>       <mailto:CLUSTER  radio-amador.net>>
>          /cluster/listinfo/cluster
>
>
>
> ------------------------------------------------------------------------
>
>       _______________________________________________
>       CLUSTER mailing list
>       CLUSTER  radio-amador.net <mailto:CLUSTER  radio-amador.net>
>       /cluster/listinfo/cluster
>
>
>
>   _______________________________________________
>   CLUSTER mailing list
>   CLUSTER  radio-amador.net <mailto:CLUSTER  radio-amador.net>
>   /cluster/listinfo/cluster
>
>
> ------------------------------------------------------------------------
>
> _______________________________________________
> CLUSTER mailing list
> CLUSTER  radio-amador.net
> /cluster/listinfo/cluster
>
>
>
>
> _______________________________________________
> CLUSTER mailing list
> CLUSTER  radio-amador.net
> /cluster/listinfo/cluster
>
>
>
> -------------- próxima parte ----------
> Um anexo em HTML foi limpo...
> URL:
>
> /cluster/attachments/20090831/cd427cb2/atta
> chment.htm
>
> ------------------------------
>
> _______________________________________________
> CLUSTER mailing list
> CLUSTER  radio-amador.net
> /cluster/listinfo/cluster
>
>
> Fim da Digest CLUSTER, volume 55, assunto 194
> *********************************************
>
>
> _______________________________________________
> CLUSTER mailing list
> CLUSTER  radio-amador.net
> /cluster/listinfo/cluster
>
-------------- próxima parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: /cluster/attachments/20090831/86ab8b1a/attachment.html


Mais informações acerca da lista CLUSTER