ARLA/CLUSTER: Portable Logbook Software

Jorge Santos nobre.santos netvisao.pt
Quarta-Feira, 5 de Agosto de 2009 - 23:58:11 WEST


Caro António.

Os meus cumprimentos à muito tempo que não nos falamos.

Passando ao tema em questão e aproveitando a tua tão atempada correcção 
mais do que correcta, isto porque a minha resposta se deveu a uma rápida 
análise à questão colocada (e por mim executada) mas tal como dizes, 
«... /conceito de portabilidade exige que a instalação do programa seja 
100% autocontida /...», isto porque e baseando uma vez mais na minha 
realidade (Winurecon) o mesmo cria uma chave de registo com a 
localização dos log's, nada de estranho para mim nada que não se possa 
contornar, bem como a atribuição da unidade lógica, mas que eu não posso 
nem devo tentar desta forma tão simplicista demonstrar a colegas cuja 
ligação à informática seja tão somente na óptica de utilizador.
Assim sendo as minhas desculpas ao colega Joel Lobão por esta minha 
intervenção que poderia induzir em erro a utilização deste ou de outro 
qualquer programa que viesse a decidir utilizar com base nesta minha 
informação.



Um abraço António e bem hajas.

Jorge Santos


Radiophilo escreveu:
> Jorge,
>
> O que dizes é evidentemente verdade, mas pode não responder à
> necessidade. Se se instalar um programa numa unidade dessas ele
> funcionará sempre desde que essa unidade seja utilizada no mesmo PC e
> tenha associada a mesma unidade lógica. Qualquer outra situação é uma
> incógnita.
>
> O conceito de portabilidade exige que a instalação do programa seja
> 100% autocontida, isto é que o programa instalado contenha todos os
> componentes de que necessita e que não armazene informação em qualquer
> outra área do sistema, em particular no "registry". Se isto acontecer,
> então o programa instalado nessa unidade pode ser executado em
> qualquer computador, sem nenhuma operação prévia de instalação.
> Chama-se a isto uma aplicação portátil e existem centenas de programas
> especialmente adaptados para o efeito.
>
> Dito isto, tenho verificado que há muitos programas que, não sendo
> expressamente portáteis, trabalham igualmente bem nestas condições.
> A minha regra é sempre verificar se o programa pretendido trabalha nas
> condições desejadas, antes de ir à procura de uma versão portátil.
>
> Cumprimentos,
> António Vilela
> CT1JHQ
>
> 2009/8/3 Jorge Santos <j.santos  ct1jib.com>:
>   
>> Caro colega
>>
>> Sendo a pen uma unidade de rede fisica só tem de instalar o software na pen
>> e guardar nela os logs, simples.
>>
>>
>>
>>     
>
> _______________________________________________
> CLUSTER mailing list
> CLUSTER  radio-amador.net
> /cluster/listinfo/cluster
>
>
>
>   

-- 

73’s from:
***********************************
CT1JIB / Jorge Santos
QTH-Locator : IM58mo
CQ Zone: 14 / ITU Zone: 37
Watch data in www.qrz.com
QSL Via: Bureau or Eqsl: www.eqsl.cc <http://www.eqsl.cc/>

REP Member# 1748

ARLA Member# 070

ARRL/LoTW Member# 2000232451

AMSAT Member# 36900

EPC Member# 5302

*

Sysop of CQ0DSA, CQ0DAH, CQ0DCH

Co-Sysop of CQ0DLX, CQ0DPT and CQ0DSM

D-Star System
************************************






Mais informações acerca da lista CLUSTER