ARLA/CLUSTER: Portugal e a TDT

Carlos Freitas (CT1FZC) ct1fzc gmail.com
Sexta-Feira, 30 de Novembro de 2007 - 17:59:50 WET


Portugal ainda não tem data prevista para a entrada da Televisão Digital Terrestre
28.11.2007 - 12h02 Romana Borja-Santos
Portugal e Irlanda são os únicos países da União Europeia que não têm data prevista para a entrada da Televisão Digital Terrestre (TDT). Contudo, é certo que a televisão tradicional será "apagada" em 2012, limite fixado pela Comissão Europeia.

Especialistas de diferentes áreas reuniram-se ontem na Reitoria da Universidade Nova de Lisboa para debater os problemas e desafios da TDT. No final da conferência, organizada pela Apdsi (Associação para a Promoção e Desenvolvimento da Sociedade de Informação), uma única certeza: é preciso agir já.

Apesar da TDT dever ser uma prioridade para o país, os oradores alertaram para as inúmeras dificuldades tecnológicas, económicas, legislativas e sociais que o novo sistema traz. Será Portugal capaz de introduzir o novo sistema a 100 por cento, quando o Reino Unido que começou em 1998 ainda não o fez? Há dinheiro para a mudança? Serão os consumidores ou a indústria quem vai pagar a conversão para o novo sistema? Há garantias de qualidade nos novos conteúdos? Vão os utilizadores preferir um sistema que suporta menos canais do que o cabo, o satélite ou o IPTV?

Beatrice Covassi, representante da Comissão Europeia no debate, lembrou os presentes que o "apagão analógico" ocorrerá em 2012, num momento em que Portugal e Irlanda são os dois únicos países sem a TDT na agenda, enquanto a Bulgária, Letónia e Polónia pediram um adiamento.
(...)
Fonte: Público http://ultimahora.publico.clix.pt:80/noticia.aspx?id=1312123
-------------- próxima parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: /cluster/attachments/20071130/5debbb7a/attachment.html


Mais informações acerca da lista CLUSTER