Re: ARLA/CLUSTER: PLT ou BPL - Implicaria a destruição total do espectro de Rádio tal qual o conhecemos, alerta a NATO.

Carlos Mourato radiofarol gmail.com
Terça-Feira, 13 de Novembro de 2007 - 18:27:47 WET


Olá Costa!
Se procurares, algures no cluster eu coloquei o link para esse estudo da
NATO sobre o PLC ha algum tempo atrás, quando o estudo foi publicado..
Informo tambem que esse mesmo link seguiu para a ANACOM,  para  o Ministério
da Defesa Nacional.e a para varios grupos que sou associado. Por parte da
ANACOM, recebi um agradecimento pela informação, e que iriam ler o estudo.
Felizmente a ANACOM tem-se mostrado sensivel ao problema de interferencias e
intransigente, quanto às condições a que devia obdecer o funcionamento de
tal sistema, e talvez por isso o PLC em Portugal é um caso para esquecer, e
que nunca provou ser alternativa válida a quer que fosse.
 No entanto , sei que o ministério teria recebido directamente da NATO esse
estudo. Se tomou conhecimento do mesmo ou se se limitou a assinalar a
recepção e colocar o carimbo "para arquivo" é outra história. Talvez o
colega Mariano CT1XI possa dizer algo sobre este assunto, e como é que ele é
encarado la por aquelas bandas.

Em 13/11/07, João Gonçalves Costa <joao.a.costa  ctt.pt> escreveu:
>
> Um grupo de peritos em rádio e telecomunicações lidera um extenso
> relatório técnico e científico, divulgado pela NATO (OTAN - Organização do
> Tratado do Atlântico Norte) sobre a transmissão de dados em linhas de
> energia, o PLT ou BPL.
>
> O grupo de peritos da NATO alerta para as consequências da contaminação
> radioeléctrica de todos os espectros de frequências atribuídos às
> radiocomunicações, sejam comunicações militares, de emergência ou
> radiodifusão.
>
> A NATO levanta a gravidade da questão, para a transmissão em banda larga
> de telecomunicações digitais em linhas de potência e de energia doméstica,
> como forma das companhias eléctricas, ingressarem no mercado das
> telecomunicações, servindo-se de forma parasita, das actuais
> infra-estruturas de redes eléctricas de alta, média e baixa tensão.
>
> As consequências destas medidas são tão graves, que pura e simplesmente,
> todo o espectro radioeléctrico tal qual se conhece, com níveis de ruído
> natural muito baixos, inferiores a -120 dBm, ou sejam menos do que 1 fW ou
> 220 nV, sendo níveis de ruído natural ínfimos, e que nos permitem receber
> sinais de rádio emitidos do exterior da nossa galáxia. Com a aplicação de
> tecnologias do tipo PLT ou BPL, dificilmente se poderiam receber os sinais
> das estações locais de radiodifusão.
>
> A NATO levanta esta questão, pois ela implicaria a destruição total do
> espectro de Rádio tal qual o conhecemos.
>
> Esta seria a maior contaminação, jamais imposta pela actividade humana,
> uma tecnologia que a EDP (ONI) desejava poder implementar em Portugal e que,
> a generalidade dos países civilizados e desenvolvidos está a colocar de
> parte, designadamente grandes companhias como a NOKIA e MOTOROLA.
>
> As forças armadas portuguesas nos últimos 30 anos, através da industria
> nacional, tem vindo a investir cada dia mais, na qualificação dos seus
> quadros, bem como na dotação de meios técnicos, colocando-se mesmo, na
> vanguarda dos modernos meios de radiocomunicações tácticas. Com a aplicação
> do BPL teriam liminarmente destruído os seus investimentos.
>
> (Vide site da AMRAD em: www.amrad.pt )
>
> _______________________________________________
> CLUSTER mailing list
> CLUSTER  radio-amador.net
> /cluster/listinfo/cluster
>



-- 
Best 73 from:
regards from:
CT4RK
Carlos Mourato
Sines

Antes de imprimir este e-mail, pense que estará a gastar papel e tinta.
Proteja o ambiente

-----------------------------------------------------------
Este e-mail destina-se a fornecer informações de utilidade para os
destinatarios referidos, e não poderá ser considerado SPAM.
Se não desejar receber mais informações deste emissor, responda a este mail
com -REMOVER- no campo "ASSUNTO", ou bloqueando o emissor deste mail, nas
suas configurações de privacidade.
Esta mensagem está de acordo com a legislação Europeia sobre o envio
de mensagens (Directiva 2000/31/CE do Parlamento Europeu; Relatório
A5-0270/2001 do Parlamento Europeu).
-------------- próxima parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: /cluster/attachments/20071113/70640269/attachment.html


Mais informações acerca da lista CLUSTER