Re: ARLA/CLUSTER: Tempo de mudança

manel nor manuelnorberto gmail.com
Sexta-Feira, 2 de Novembro de 2007 - 22:34:31 WET


Boa noite amigo Costa.Disse: nos tempos do AM, em que se "derretia" energia
á bruta, é que se fazia QSO,s

a sério, não me recordo ter lido tal afirmação !. mas...olhe que não, olhe
que não!, hoje sim é que se derrete

energia á fartazana e não necessita que eu lhe exdplique porquê, sabe bem
disto.

Um abraço e bom fim de semana.

M.Porto Norberto- CT1UW


Em 02/11/07, Francisco Costa, CT1EAT <listas_ct1eat  sapo.pt> escreveu:
>
> Caros Colegas
>
>
>
> Com o devido respeito dos mais velhos, começo a ficar farto da lamúria
>
> de "que no meu tempo é que era bom, e que isto agora não vale nada."
>
> Se continuarem assim, em vez de motivar os mais novos, apenas irão
>
> condenar uma actividade, que está próxima de completar um século de
>
> existência, á extinção.
>
>
>
> Já todos sabemos que nos tempos do AM, em que se "derretia" energia á
>
> bruta, é que se fazia QSO's a sério.
>
> Também estamos perfeitamente elucidados quanto à não aprendizagem do
>
> CW, que pode fazer degenerar as células do cérebro, a acabarmos morrendo
>
> de estupidez.
>
> Estamos também conscientes que esta "modernice" de comprar os próprios
>
> rádios é desprestigiante, e só tira valor ao radioamador.
>
> Por último, estamos fartos de ler prosas infindáveis, cheias de muitas
> palavras
>
> rebuscadas, mas que no fundo não acrescentam nada.
>
>
>
> O que queremos é gente (nova ou velha), fortemente motivada, que sabe em
>
> que século vivemos, que conhece o passado da actividade, mas que está
>
> pronta para enfrentar os desafios do futuro.
>
> Não interessa que classe de amador é, quantos anos "já anda nisto", se o
> avô
>
> e/ou o pai também já era radioamador. O que interessa é que cada um,
> dentro
>
> das suas capacidades e limitações, colabore na construção deste mundo
> fantástico
>
> que é o radioamadorismo. Pode ser na área técnica, associativa,
> competitiva,
> etc.
>
> Não importa. O que é fundamental é que, independentemente de que área
>
> esteja mais vocacionado, todos, *mas todos sem excepção*, OPEREMOS nas
>
> nossas bandas!!! Não importa o modo, potência, banda, etc.. O que é
> importante
>
> é que todo aquele que se diz radioamador, seja digno desse nome. Dito de
> outra
>
> forma: como pode alguém dizer que é radioamador se não opera??? Quantos de
>
> vós já fizeram um QSO hoje? Ou mesmo esta semana? Ou no mês passado?
>
> Ou até este ano??? (No echolink não vale. No MSN, também não.)
>
> Para esses, desculpem a frontalidade, que raio de radioamadores são
> vocês???
>
>
>
> Por isso faço um apelo: que o dia de hoje não termine sem que todos
> façamos,
>
> pelo menos, um QSO. Seja Dx, seja para falar do tempo, seja para discutir
> um
>
> artigo técnico, seja para experimentar um novo microfone. Não importa.
>
> Parafraseando o poeta "Operar é preciso, viver não é preciso".
>
>
>
> Por último, talvez por hoje ser o dia que é, faço homenagem a Romualdo
> Teles,
>
> CT1BT (SK), radioamador da "velha guarda", mas sempre lúcido e actual,
>
> como poucos! É a ele que muito devo aquilo que hoje sou como radioamador,
>
> e como pessoa.
>
>
>
> 73 F.Costa, CT1EAT
> www.qsl.net/ct1eat
>
>
>
> _______________________________________________
> CLUSTER mailing list
> CLUSTER  radio-amador.net
> /cluster/listinfo/cluster
>
-------------- próxima parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: /cluster/attachments/20071102/d2711663/attachment.html


Mais informações acerca da lista CLUSTER